4 de mai de 2018

MTST INVADE PREDIO PUBLICO EM 2002, APOIADOS POR LULA

MTST INVADE PREDIO PUBLICO em 2002, com a cumplicidade  de LULA  e agora o destroem para invadir outro  e ficar mais 16 anos.

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Muita solidariedade, paz, mãos dadas, união nessa hora difícil… quando acontece um evento espetacular a atitude da mídia e de muitos outros irresponsáveis é tocar o drama, criar vitimas , demagogia  e moralidade fajuta. Esse está sendo o caso com o incêndio que causou a queda do edifício Wilton Paes de Almeida. O prédio pertencia a União e foi invadido por sem tetos que construíram barracos de madeira, fizeram conexões elétricas ilegais e encheram o prédio, literalmente, de lixo de todo tipo. Essencialmente transformando a construção em um barril de pólvora pronto para explodir. E foi o que aconteceu hoje, causando a morte de um dos sem tetos, a perda de um prédio pertencente ao patrimônio publico e a destruição parcial de uma igreja histórica que ficava ao lado da ocorrência. Os bons cidadãos de plantão saltaram na oportunidade para pintar os sem tetos como vitima. E os sem tetos empolgados pelo apoio de outros desocupados já estão exigindo que o governo providencie moradias decentes, chegou a hora de o contribuinte pagar pela construção de casas novinhas para  os incendiários… ou ao invés recompensar os sem teto e estimular novas invasões pode fazer valer a lei e conseguir abrigo para todos eles na cadeia.

Nenhum comentário: