7 de abr de 2015

EXERCITO DE LULA ESTA CLAMANDO POR MAIS TETAS ESTATAIS


Vagabundos da CUT criam confusão em Brasília: culpa é de Lula!

Acabo de ver as cenas pela GloboNews. A manifestação chapa-branca e esquizofrênica da CUT e do MST, que defende e critica o governo Dilma ao mesmo tempo, contava com meia dúzia de gatos pingados em frente ao Congresso, em plena terça-feira (já que os “trabalhadores” não trabalham). Acabou agora em confusão, em confronto com a polícia.
Podemos ver as camisas vermelhas tentando agredir a PM, com pedaços de pau nas mãos. Alguns usam máscaras ou camisas tampando o rosto, ou até capacetes. Qual a intenção de um sujeito que vai “protestar” vestido dessa forma? O que ele pode querer além de confusão com a lei?

Fonte: G1
Não podemos esquecer que o ex-presidente Lula, que mais parece um agitador irresponsável do que um ex-presidente, convocou claramente o “exército de Stédile” às ruas. Era a senha para este tipo de comportamento.
Como a “manifestação” por si só não chama a atenção, uma vez que conta com número ridículo de participantes (deve ter faltado dinheiro para pagar a mortadela dos militantes contratados), resta criar baderna para ganhar as manchetes.
Quando comparamos esses vagabundos, sustentados por nossos impostos, com as famílias decentes que vão às ruas no domingo, para não transtornar a vida dos outros e porque trabalham para pagar suas contas (e a dos parasitas), a diferença salta aos olhos.
De um lado temos um bando de oportunistas clamando por mais tetas estatais, e dispostos a partir para a violência em prol de seu objetivo; do outro temos os verdadeiros trabalhadores, que não aguentam mais serem explorados pelo Partido dos Trabalhadores e pela Central Única dos Trabalhadores, que representam tudo, menos trabalhadores de verdade.
A resposta precisa vir, uma vez mais, nas ruas, com milhões de brasileiros mostrando que não “protestam” por tetas estatais ou em troca de mortadela, e que tampouco acham que a violência é um caminho defensável para suas demandas. Chega de PT! Chega de CUT! Liberdade já!
PS: O principal foco do protesto é a nova lei sobre terceirização. A repórter da TV insistia em repetir que era, de fato, um tema MUITO polêmico, dando a entender que os sindicalistas tinham mesmo motivo para “protestar”. Que país é esse em que o direito básico de as empresas terceirizarem sua mão de obra é visto como tão polêmico assim? Imagina se tivesse em pauta o fim do imposto sindical então. Triste…

Nenhum comentário: