Seguidores

10 de mar de 2015

PROPINA FINANCIOU CAMPANHA DE DIL-MA

Propina financiou campanha de Dilma em 2010, diz delator, que isenta petrolão no governo FHC

(Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)
Em depoimento à CPI da Petrobras, Pedro Barusco disse que dinheiro do 300 mil reais do petrolão foram para a campanha de Dilma em 2010 (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

...Após a sessão, o presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB-PB), disse que o depoimento de Barusco comprova que não há razão para incluir o governo FHC na investigação. “O depoimento reforça a ideia de que a CPI deve se focar no seu objeto. Ele deixou claro que recebeu propina entre 1997 e 2002 por uma iniciativa individual’, afirmou.
Vaccari - O depoimento de Barusco comprova o envolvimento direto do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, no esquema de corrupção da Petrobras. Em acordo de delação premiada, o executivo já havia apresentado uma estimativa de Vaccari ter recebido de 150 a 200 milhões de dólares em propina entre 2003 e 2013.
“Como na divisão da propina cabia ao PT receber o dobro ou um pouco mais, eu estimo que o partido deve ter recebido o dobro do que eu”, afirmou. “Eu sei que existia uma reserva de propina para o PT receber”, continuou. No acordo de delação premiada, Barusco aceitou devolver à Justiça 97 milhões de dólares de dinheiro ilegal.
Nos corredores da Petrobras, Vaccari era conhecido como um dos operadores da propina, ao lado dos empresários Mário Goes e Shinko Nakandakari. O tesoureiro, conforme detalhou Barusco nesta terça-feira, chegou a se encontrar com os diretores para negociar os pagamentos na própria estatal. “Vemos aí o tesoureiro do PT se reunindo com diretores para colher doações ao partido. É um verdadeiro assalto à Petrobras”, afirmou o líder do PPS, Rubens Bueno (PR), durante a sessão.
Vaccari também pegou dinheiro do Gasene, uma rede de gasodutos construída entre o Rio de Janeiro e a Bahia. As obras foram questionadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). “Eu sei que a propina foi destinada a mim, ao Duque e à parte relativa ao PT. A gente sempre combinava esse tipo de assunto com o Vaccari. Ele era o responsável”, disse o ex-gerente da Petrobras.

Nenhum comentário: