15 de abr de 2011

Ai entre um baseado e outro, partiu para pequenos assaltos...

Cara Vivi, ela foi guerrilheira, nao por necessidade pois era de familia rica, nao por ideologia, nao pela democracia. Ela foi uma bandida comum, eu ja cansei de dizer isso! Ela entrou no crime logo cedo, aos 17 anos quando virou hippie e juntou-se a outro bandido e dai entre uma tragada de maconha e outra em meio a sujeira, resolveu posar de militante terrorista.  Acostumou-se a pequenos assaltos e partiu para os grandes tambem como o do cofre do Gov. Adhemar e a bancos. Vale lembrar que nessa epoca aconteciam de nove a dez assaltos a banco por dia.O resto voce conhece. Pode comprovar que ela nao tem carinho nenhum por parentes ou por qualquer referencia familiar. Tudo o que ela faz e baseada no odio e intolerancia com todos. E claro que agora ela esta cuidando da filhinha, neto, mae, ex-marido mas isso e so para posar de boazinha, isto porque com o dinheiro dos trouxas isso e facil e ela nao pode mostrar suas verdadeiras intencoes, ainda nao...

Comentario meu no: http://www.facebook.com/home.php?ref=hp

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá Thereza;

Passei por aqui para cumprimentá=la e dizer-te que o Ferra Mula está adormecido, mas continuo na área.

Um abraço e um bom final de semana.

Airton.