Seguidores

13 de dez de 2010

A ESCORIA NAO SOSSEGA


Mesmo com o PT ganhando as eleições essa gente sórdida continua ocupando as trincheiras do golpe, consumado por mais um estelionato eleitoral fundamentado no suborno dos menos favorecidos e dos canalhas esclarecidos.


Continuam atirando ofensas cada vez mais virulentas na internet, o único lugar da mídia que ainda existem muitos com brio e dignidade para escrever o que pensam.


Nas outras mídias a escassez de coragem, honra e amor à pátria está se tornando cada vez visível, e a hipocrisia do jornalismo covarde ou vendido está começando a dar nojo.


Modificar os artigos ou comentários dos outros, retransmitindo a fraude feita na opinião alheia começa a virar lugar comum, crimes cometidos pelos canalhas contratados pelo petismo para promoverem a desistência da crítica.


As Forças Armadas são insultadas a todo o momento com os canalhas fazendo de tudo para perverter a verdade de sua história na construção do país, atitude cada vez mais frequente, levada a cabo de forma direta e sem rodeios.


Infelizmente a caserna de hoje faz cara de paisagem enquanto as instituições a que servem são reduzidas à insignificância moral. Seus companheiros da reserva, que sempre lutaram pelo bem do país, estão sendo sistematicamente desrespeitados e ninguém reage.


Os tiros de insultos são dados a esmo demonstrando uma crença inabalável que a história do país termina com o PT no poder.


Por sua vez os poderes constituídos estão imersos no relativismo da canalhice da política com a Justiça somente funcionando para perseguir os inimigos do “sistema”.


Diante do descaso do poder público com a moralidade, a ética, a dignidade, e a honestidade, os milicianos calhordas do petismo se sentem absolutamente à vontade para insultar e provocar a todos que tentam usar o direito de expressão que não seja compatível com a cartilha leninista do PT.


Enquanto os pobres são subornados com o assistencialismo comprador de votos a nova burguesia petista nada a braçadas em dinheiro e mordomias alimentando cada vez mais o sentimento de que todos foram na verdade feitos de imbecis e palhaços nos últimos oito anos.


Insultos ilimitados aos que são adversários e traição sem pudor a uma promessa de resgate da moralidade no poder público. Tudo uma descarada sacanagem para assumir o poder.


Essa turma somente esquece que o poder nunca é permanente, e quanto mais os derrotados são perseguidos e assediados pelas ofensas sem limites, maior será sua revolta quando o jogo virar.


Os cemitérios da história estão aí para comprovar onde acaba a covardia da perseguição e da tentativa de humilhação imprevidente, inconsequente e irresponsável.


O fim é sempre o mesmo.

Geraldo Almendra

Meu comentario esta la no: http://blogdodrmarcosobreira.blogspot.com/2010/12/soberba-dos-canalhas.html?spref=fb 

Nenhum comentário: