Seguidores

10 de out de 2010

Negociatas e contratacoes de meliantes por Dilma Roussef

O artigo fala que o motivo de Alckmin perder em 2006 foi a sua agressividade, nao foi nao. Se Alckmin tivesse sido agressivo a ponto de falar abertamente sobre o Foro de Sao Paulo, as FARC e Cuba ele teria ganho a eleicao. Acho que ele foi pacifico demais. Isso sim o levou a derrota. Espero que Serra seja muito mais contundente quanto aos escandalos, todos e principalmente os mais recentes. Nem precisa falar mais sobre o aborto que ja esta mais do que obvio as posicoes de ambos. As negociatas dentro do Palacio do Planalto e os meliantes contratados por Dilma como Erenice e outros.

Comentario meu na: http://veja-brasil.blogspot.com/2010/10/hoje-no-debate-estrategia-de-dilma-e.html

2 comentários:

sicário-OQÑ se discute disse...

Olá, Teresa!

Há muito sem comentar mas sempre te acompanhando...obrigado pela visita e comentários no blog.
Não houve nada de agressivo,por parte de G. Alckmyn, na eleição de 2006. Foi por este motivo que Lula praticamente passeou pela eleição e é por isto que ele acreditaram que iriam levar no primeiro turno. A análise deles da derrota eleitoral no primeiro turno (foi uma derrota) está errada.Eles não esperavam que a consciência limpa de milhões de brasileiros que enxergam no Nulo e sua quadrilha um retrocesso político e humanitário aos níveis do tempo da formulação do ideal socialista, se manifestasse. Voltando a tua postagem, se em 2006 não houve agressividade que agora tenha. No Congresso de hoje está o reflexo de postura na eleição. SE tivesse havido agressividade a oposição de hoje estaria mais forte. Sinceramente espero que Serra seja mais "agressivo" pois, para que a verdade triunfe é preciso que ela seja dita, gritada, alardeada. É tempo de posicionamentos e essa é a hora de mostrarmos que o brasileiro, se bem informado, sabe votar.
Minha luta é por um Brasil verde e amarelo!

Fusca disse...

Teresa, o Serra agora está com 85% e Dilma com 10% na enquete do 2.o turno. Vote também: inquiete.com.br
Chegamos à conclusão de que a única alternativa para não virarmos definitivamente uma ditadura socialista bolivariana como a Venezuela, é votando no Serra. Índio da Costa foi o relator e deputado que mais batalhou pela lei da Ficha Limpa, e Serra passou pelo "teste" da bisbilhotice dos petralhas via Receita Federal, vasculharam tres gerações de sua família e por sinal nada encontraram, senão a imprensa dominada e cooptada teria trazido nas manchetes principais. Dê uma olhada na charge dos Tiriricas do Brasil no blog do Fusca.