Seguidores

7 de ago de 2010

Divagacao sobre as atitudes de Lula

Lula nao ofereceu abrigo nao, primeiro ele falou bastante bobagem a respeito de nao interferir nos assuntos internos de outros paises e um dia qualquer, num palanque com Dilma disse que aceitaria dar refugio a essa mulher iraniana. Ele nao se dirigiu ao Ahmadinejad diretamente. A imprensa divulgou o que que ele havia dito e o tirano ficou irritado dizendo que ele nao conhece nada sobre o Ira. Ele nao se preocupa com os mais fracos nao, pois se assim fosse


- Nao pagava mensaloes a deputados que tem um grande salario.

- Nao ajudaria seu filho a enriquecer ilicitamente.

- Nao compraria com o dinheiro dos pobres e ricos um aviao so para dar prazer a ele proprio e seus amigos.

- Nao ficaria indiferente diante de tantos desabrigados pelas aguas em Santa Catarina, cuja ajuda nao foi ate hoje, - - Nao diria que o povo e culpado pela destruicao das suas casas, provocada por barragem construida com material de qualidade suspeita e onde o PAC gastou centenas de milhoes de dolares.

- Nao gastaria milhoes e milhoes em Cuba para reconstruir um porto que esta morto ha muitos anos e nem financiaria estradas la ja que o pais esta em estado terminal e onde a unica solucao e prender Fidel e Familia e cuidar do povo que esta pior do que aqueles que vivem no Haiti apos o terremoto.

Voce sabia que cada doacao em dinheiro para outros paises ele recebe 10% do dinheiro para ele?

Voce sabia que ele criou 63 Embaixadas do Brasil em paises da Africa que tem Ditadura e que fez isso so para dar emprego para mais militantes do seu partido para garantir a comissao de 40% que eles devolvem ao PT

Sabia que ele ate agora ja empregou mais de 3 milhoes de militantes e que todos tem salario alto e sao obrigados a entregar 40% do salario ao partido?

Pense bem e diga se ele se preocupa com os menos favorecidos.
 
Foto acima de Yves Hublet que aplicou uma boa bengalada no Ze Dirceu por ocasiao do Mensalao e foi assassinado esses dias. Seu corpo foi cremado imediatamente para nao deixar pistas aos legistas.

Nenhum comentário: