Seguidores

18 de jun de 2010

Morre um comunista que nao fara falta a ninguem, Saramago

Pena que esse homem amargo e lugubre nao tenha feito as pazes com Deus antes de sua morte. De uma personalidade intragavel Saramago so poderia ser o que foi, uma pessoa triste, que fazia os outros tambem tristes. Sua preferencia pelo regime comunista fez com que eu nao gostasse de seus escritos antes mesmo de le-los. Mesmo assim li seus livros e nenhum deles eu vi tanta criatividade como alguns falam. Trata Jesus Cristo no seu livro O Evangelho segundo Jesus Cristo como um nada e eu o detestei por isso. Resta pedir a Deus pai que tenha misericordia dele apesar de nunca ter acreditado em Deus. Nao acho que seja grande perda, nao para mim.

Comentario meu em: http://luzdeluma.blogspot.com/2010/06/morre-saramago-o-homem-inedito.html

4 comentários:

Pedro da Veiga disse...

Concordo plenamente contigo, minha amiga Tereza, já foi tarde... Realmente esse não fará falta nenhuma... Que outros de seu naipe tenham o mesmo destino...

Roy Frenkiel disse...

Em tempos, se não tiver mesmo medo, publique o comentário ;-)

Roy Frenkiel disse...

Agradeça a Saramago pelo respeito que tenho e que tenho dever de ter por sua opinião. O contrário, infelizmente, não parece verdadeiro. Vê-se a arrogância do desejo tanático religioso de ordenar aos outros o que sentir. Enquanto o mundo todo entra em luto pela morte de um gigante, ainda há quem queira desdizer essa realidade. Típico das ilusões de quem prefere a fantasia ininteligente à realidade contundente. Pois, apesar de respeitar suas palavras, não coincido. Espero que sua tristeza, no entanto, tenha melhorado com sua morte. Até nisso o mestre contribuiu, mais algo que acho que você, especialmente, entre poucos outros, deveria agradecer.

lucia disse...

Menos um comunista! já foi tarde!