19 de fev de 2010

O assassino de Joao Helio esta no exterior sao e salvo

"Após ser preso, Ezequiel confessou participação no crime. Ele teria sido a pessoa que fechou a porta com o cinto de segurança pendurado para o lado de fora, onde João Hélio ficou preso e foi arrastado pelo carro. Na audiência do dia 10, na Vara da Infância e da Juventude, o juiz determinou que ele ingressasse no Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente, destinado aos que estão ameaçados de morte.

A Justiça também determinou que os pais do rapaz entrassem no programa por meio do Conselho de Defesa de Direitos da Criança e do Adolescente, presidido pelo advogado Carlos Nicodemos, diretor da ONG Projeto Legal. Procurado, Nicodemos não foi encontrado pela reportagem do jornal O Dia".

Que pena! Na mesma semana que li sobre o assassinado de um padrasto la no Nordeste que havia estuprado e matado uma garotinha de 2 anos e fiquei feliz pois assim foi feita justica, nao importa de que maneira, vejo essa noticia de que o assassino de Joao Helio foi premiado pela sua boa acao e por sua misericordia com uma crianca, tanto que a arrastou por 7 km e nunca teve um minimo de arrependimento. Agora ele foi para o exterior para viver bem a vida e possivelmente fazer a mesma coisa. Rogo a Deus que antes dele praticar outro ato hediondo seja consumido por uma doenca incuravel ou seja atropelado tambem. De uma coisa estou certa, se ele tentar fazer a metade do que fez ai, dependendo do pais ele sera condenado a prisao perpetua ou a pena de morte.
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4271252-EI5030,00-Condenado+por+morte+de+Joao+Helio+e+solto+e+vai+ao+Exterior.html

Esta ONG esta protegendo esse bandido:

http://www.projetolegal.org.br/
Comentario meu sobre a noticia de que o assassino de Joao Helio esta sao e salvo em outro pais junto com seus pais as nossas custas.

Um comentário:

sicário-OQÑ se discute disse...

Teresa.

OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE...

Essa coisa, menor de idade, é amparado pela lei...a mesma lei que não ampara as vítima. Ele deveria ser queimado vivo em praça pública para servir de exemplo junto com quem fedende o indefensável.