Seguidores

12 de dez de 2009

LURARAPIO pegou o sabonete?

Naquela prisão fedorenta
Muitos vermelhos empilhados
Dividiam pouco espaço
Estavam esfomeados
Cheios de amor pra dar
Disputavam a rosca no braço.

Todo dia era um corre corre
Roça aqui, pega acolá
Se não cedesse apanhava
Tambem tinha que sentar
Mas um menino valente
Forte e de sangue quente
Resistiu sem afrouxar.

Então disse o manguaceiro:
Vem cá lindo meninão
Venha ser minha cabrita
Que lhe dou um mensalão
Pro resto da sua vida
Não vai lhe faltar comida
Nem vou lhe deixar na mão.

Mas o menino fortão
Cabra macho pra valer
Deu logo um bofetão
Colocou lulalau pra correr
Acertou uma cotovelada
Um pontapé de virada
Bem no meio do bundão.

Luladrão ficou tão triste
Por apanhar do bonitão
Ele que tanto sonhava
Casar com o Ricardão
E muito envergonhado
Ofereceu bom bocado
Consolou o gostosão....


TIAGILLA_______08/12/09

Poetisa de Guaruja.

Um comentário:

Luma Rosa disse...

Tenho visto alguns comentários na web com essa assinatura e não sabia que era uma poetisa! Muito bom! Beijus,