Seguidores

17 de nov de 2009

Censura, a maior amiga dos esquerdopatas

...Como nunca estão satisfeitos, partiram para cima do Estadão, dos blogueiros, O BLOG DA SANTA, O BLOG TIJOLADAS DO MOSQUITO, e mais recentemente o Site da minha amiga ADRIANA VANDONI, o PROSA E POLÍTICA.

Este modesto BLOG também já passou e de uma certa forma continua passando por ataques que levaram anteriormente a troca de servidores. Tudo porque como brasileiros e patriotas que somos decidimos expressar a nossa indignação com os "homens públicos incomuns" de nossa política, que descaradamente desprezam e odeiam o povo brasileiro.
Há pouco, testemunho mais uma das notícias sobre um falso crescimento do país, notícia esta que escuto há anos e a realidade que presencio é outra, diametralmente oposta à publicidade politiqueira tendenciosa.

Claro que este povão, é de uma certa forma conivente e devido à sua falta de discernimento e de informação imparcial, deixa que as falsas promessas e as ilusões fabricadas sob encomenda os contagie, a infantilidade do mesmo ajuda em grau substancialmente elevado todo e qualquer esquema que seja planejado para a manutenção de determinados grupos no poder por pelo menos oito anos.
Escuta-se que o Brasil vai bem, mas os 60 milhões de miseráveis permanecem neste abjeto patamar, sem terem a menor oportunidade de escape desta condição e com a censura dos bolsas-famílias, muito menos conseguirão.
É uma maioria que calça chuteiras e samba durante todo o ano e em suas concepções medíocres, o governo que for capaz de manter esta encenação, este fanatismo pelos mengos e vascos da vida, será sempre considerado ótimo.

De 2002 para cá, a situação se agravou pois o cargo de presidente da república está vago e em seu lugar colocaram um animador de platéias, cafona e grotesco mas que representa os anseios desta camada que o elegeu, ou seja, nada, apenas o abstrato, o faz de conta. Juntou-se a fome com a vontade de comer. Enquanto do alto dos palácios esta nomenklatura enriquece e engorda, abaixo, os seus eleitores tem uma cobertura televisiva e detalhada através de um jornalismo débil, sobre o campeonato brasileiro, sobre as contusões de seus ídolos que não jogam nada, sobre as negociações envolvendo a Europa e sobre os valores em Euros que muitos vislumbram e acham toda esta prosopopéia fascinante, alimento sublime para os seus devaneios.

Eles tornaram a política maçante de propósito, é outra forma de censurar, pois muitos perdem o interesse pela mesma e esta fica à mercê das gangs que infestam Brasília o burgo inflamado e decrépito do quê se tornou a maneira de fazer politicagem e praticar o coronelismo sem cerimônia da turma dos Sarneys e Calheiros.

Esquerdopatas, palavra de duplo sentido, tanto mental quanto físico, pois estes andam por aí sobre quatro patas e conectados com as sua idéias revolucionárias de 1917, tornam-se autênticas vanguardas zoológicas.

Os seus atos ilícitos e mal formulados, claro que são percebidos pelos mais lúcidos e para estes o atalho da CENSURA propriamente dita, rapidamente é posto em prática, pois nada pode atrapalhar os descalábrios e as mentiras deste seres abjetos, rastejantes.

CENSURA é a prática dos parasitas e incomPeTentes, dos mentirosos e suspeitos, que se dizem salvadores de uma nação, mas que na realidade não passam de um bando de delapidadores do patrimônio alheio. Não são brasileiros, são estranhos a este país, não pertencem ao nosso meio.
Já propus que delapidem e levem tudo o quê conseguirem, o mais rápido possível e sumam, não dêem mais as caras por nosso país. Deixem-nos à míngua, falidos, mas sem o menor temor e em Paz, simplesmente porque qualquer um de nós que se sente insultado possuí mais competência do que uma falsa doutora, do que um ministro de Minas e energia que ocupa o gabinete por ser amigo do "rei", para reerguer este país e para no futuro real e não o de copas do mundo, o de jogos olímpicos e o de pré-$ais, garantir definitivamente que aventureiros e censores não tenham mais vez, não sejam mais notados além do quê realmente são, imbecis sustentados por ignorantes e por analfabetos funcionais. Estes últimos caso a seriedade fosse respeitada, hoje nem existiriam e em consequência, nenhum estelionatário político estaria eleito.

Declaravam ódio à Censura imposta pelos militares e no entanto praticam uma muito pior, de forma sorrateira, dissimulada. Fica cada vez mais comprovada que a intenção desta corja era combater e depois trocar uma "ditadura" por outra, de cunho marxista-leninista, inspirada no carcereiro Fidel Castro. Como hoje não há mais militares no poder, atacam a democracia e o estado de Direito, que também por elles são odiados, aliás odeiam tudo que for contrário às suas insanidades e à sua promiscuidade....
Presto a minha total solidariedade à Adriana Vandoni e à todos os que por falarem o quê os incomoda se vêem perseguidos por este Vírus oportunista.

Leia mais no http://resistenciaeliberdade.blogs.sapo.pt/

2 comentários:

paschoal disse...

As tentativas de censurar completamente todos os meios de comunicação aqui em nosso país vêm sendo tentado à exaustão. Piorou após a chegada do göebels franklin martins ao planalto.
A folha de são paulo de há muito já se rendeu aos pré-releases do ministério das comunicações e o estadão, em que pese estar censurado, continua sendo um veículo chapa branca.
A globo, um sucesso mundial, só repercute o permitido pelo governo. Tudo isso graças as verbas destinadas a propaganda do governo, cujas cifras atingem milhões de reais.
Mas e nós os blogueiros que nada ganhamos além da gratidão moral por divulgar as bravatas do governo? Qual a razão da censura?
Fica claro que, se não abonarmos as falcatruas cometidas pelos donos do poder, nos transformamos em inimigos públicos.

Partido Alfa disse...

No passaran.