Seguidores

24 de abr de 2009

Joaquim, o ministro cotista

Vem aí o pedido de desculpas do Joaquim.

Logo ele, o ministro que está julgando o mensalão, tem este acesso de fúria contra o presidente do STF. Resta ao destrambelhado pedir desculpas, formalmente. A nota oficial dos demais ministros foi o recado mais do que claro. Amanhã o Joaquim amarela ou ficará em posição insustentável. E Gilmar Mendes, com grandeza, vai aceitar. Observação: Joaquim Barbosa agiu de modo planejado, usando as palavras certas. Capanga não quer dizer nada, é apenas guarda-costas. Ele sabia, claro. Ele é petista.
Postado por Coronel às 23:25:00

Um comentário:

WORF NETO disse...

Parabéns pelo Blog Tereza! Um abração!
Worf Neto.