16 de dez de 2006

Diplomação de um corrupto e corruptor.

Caros amigos, assistimos atônitos e decepcionados a diplomação de um homem que é sem sombra de dúvidas o mais cínico, mentiroso e desonesto de toda a história do Brasil, talvez de todo o mundo. É lamentável saber que enquanto acontecia a cerimônia solene no TSE, alguns deputados vociferavam no plenário vazio de idéias. Clamavam por punição para os atos vis praticados pelo presidente da república e pelos seus auxiliares próximos, num total de 40. Isso só os indiciados pelo STF. Mas suas vozes não foram ouvidas e nem duvulgadas, assim como nossos apelos para que deixem de ser egoístas e canalhas. O aumento dos seus salários arbitrariamente e na surdina, é outro absurdo que nós vamos ter que suportar por não sei quanto tempo mais. Esse aumento é ilegal e se houvesse interesse, qualquer advogado recém- formado derrubaria. De acordo com o artigo 49 da Constituição da República Federativa do Brasil, fixar subsídio para os deputados e senadores "É de competência do Congresso Nacional" e não de uma mesa de líderes que nesse caso foi comandada por dois dos piores parlamentares que embora não tenham sido indiciados, tenho certeza, são também beneficiários do mensalão e de outras espécies de dossiês, cuecas e outros subterfúgios, com toda a certeza. Também, esperar o quê de um congresso que depois de tanta sujeira descoberta em 2005 ainda consegue pensar em mais benécies, sem sentir o sangue corar as faces. Eles já não têm mais face, eles têm cara "de pau". Enquanto o dinheiro que os faz felizes falta na ceia de natal de tantos brasileiros espero que essa vergonha avance sobre seus filhos e netos por várias gerações e que seus nomes sejam amaldiçoados. Abraços, amigos.

Um comentário:

CAntonio disse...

Esse tipo de diploma se consegue mesmo roubando, assassinando ou traficando. Não é necessário saber ler ou escrever. Lulla já é bi-diplomado. E nós somos bi-bestas de aguentá-lo.


Abraços,