28 de out de 2006

Teatro Globo

Caros amigos, tomei um susto quando percebi que o debate seria em forma de teatrinho, com os atores andando de um lado para outro. Nós, não queríamos saber de mentiras com números facilmente verificáveis, queríamos, isto sim, saber as verdadeiras respostas para os crimes cometidos por esse desgoverno de 4 anos. Não entendo o motivo pelo qual a Globo editou as perguntas, e trouxe os atores do nordeste, que nem sabiam o que estavam perguntando, sendo que uma pergunta apenas, foi de S.P. e a população daqui é muitas vezes maior do que lá. Ninguém perguntou se o vencedor se empenharia em punir os 4o indiciados pelo Ministério Público e nem sobre o envolvimento de "lula" com o Foro de São Paulo, já que ele fez ali, discurso inflamado defendendo essa parceria com as esquerdas (Fidel, Chaves, Morales, Farc) em maio deste ano. A grande mídia naturalmente não divulga isso porque há censura($) na maioria dela. E o caso Celso Daniel e Toninho do PT, todos têm medo de perguntar? Seria melhor perguntar agora do que sermos colocados junto ao muro e sermos metralhados (eles e mais oito testemunhas já foram), assim que seja implantado o regime ditatorial aqui. Sei que muitos dirão: Isso não pode acontecer porque as instituições estão vigorando no Brasil, as Forças Armadas não deixariam, etc, etc, etc.Ah! é? Então por que MTB não deixou que o caso Gamecorp & Telemar do grande empresário Fábio Luís Lula da Silva fosse impedido de tramitar na CPI antes do 2º turno? Por que o valente Francenildo foi impedido de falar na CPI? Isso não é nada, não é? Mas isso fez com que o jovem caseiro ficasse desempregado (ninguém quer ficar mal com o "deus-lula") e que Palocci, e toda a sua gang fosse eleita e ficasse tudo como se o povo os tivesse inocentado. As Forças Armadas fizeram alguma coisa? Não, e nem vão fazer. Fez em Cuba? Não. Então acorda população! Depende de nós, amanhecermos com a linda bandeira verde-amarela tremulando ao invés de uma bandeira vermelha com foice e martelo. Às vezes não temos 2ª chance. Vamos confiar pelo menos em quem acredita em um Deus misericordioso e não em quem crê que só o seu mundo de egoísmo (dinheiro, viagens, presentes, churrasco, propinas, jetons, mensalão, mentiras, favorecimentos, negociatas é o que interessa? Meus parabéns ao Alckmin por ter combatido o bom combate e pela desenvoltura, apesar de ficar o tempo todo à mercê de ironias do outro candidato. Nota zero para a Globo que num dia tão importante não trouxe o debate para o horário nobre. Para eles novelas e coisas que denigrem a família são mais importantes e vendáveis. Bom dia a todos!

2 comentários:

TIAGILA disse...

Tambem achei ridículo,o debate
Aquele vai-vem,mais parecia dança de quadrilha(não a do lula).Mas o que mais estranhei(meus filhos tambem),foi as perguntas ser for-muladas apenas por nordestinos,
não eram espontâneas,e as pesso-
as liam muito mal,apesar de ter sido gravado.Enfim,é o sistema global de qualidade e logo vai
ter um monte de "baba ôvo"dizendo que foi o máximo.Dirão tambem que foi super democrático,tambem não
acheiTIAGILA.

CAntonio disse...

Muita formalidade e pouca objetividade.

Esperar o que da Globo né?