Seguidores

5 de mar de 2016

AVIAO JA ESPERAVA POR LULA QUANDO ELE FOI LEVADO PELA PF. IA FUGIR, INOCENTE?

Ainda HOJE, após seu depoimento, LULA poderá ter prisão decretada por Sergio Moro!



O depoimento do Ex-Presidente LULA pode se converter em prisão temporária expedida pelo Juiz Federal Sérgio Moro. O depoimento já está nas mãos do Juiz que poderá decretar o ato.
Ao encerrar o depoimento LULA recebeu duas orientações, em não deixar a cidade sem avisar as autoridades competentes e muito menos tentar usar o avião que lhe esperava nesta madrugada no Campo de Marte.
Parte final do depoimento
– Policia Federal: Ser. Luiz Inácio, aqui o senhor responde só o que lhe for perguntado, nada mais.
-Policia Federal: Senhor Luiz, o senhor está advertido em não deixar a cidade e muito menos usar o avião que lhe aguardava no aeroporto Campo de Marte sem a devida autorização.
– LULA: Sim senhor….
Segundo a reportagem bomástica da revista IstoÉ desta semana, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ordenou que o senador Delcídio Amaral pagasse a família de Nestor Cerveró para que ele não fizesse delação premiada, na tentativa de salvar a pele de José Carlos Bumlai (amigo muito próximo de Lula).  A informação consta na delação premiada do petista. O dinheiro foi dado pelo filho de José Carlos Bumlai, Maurício. total recebido foi de R$ 250 mil.
Segundo a publicação, para os procuradores que tomaram o depoimento de Delcídio, a “revelação é de extrema gravidade e pode justificar a prisão do ex-presidente Lula”. A IstoÉ afirma ainda que “integrantes da Lava Jato elaboram o seguinte raciocínio: se o que embasou a detenção de Delcídio, preventivamente, foi a tentativa do senador de obstruir as investigações, atestada pela descoberta do pagamento a Cerveró, o mesmo se aplicaria a Lula, o mandante de toda a artimanha”.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou a participação em qualquer atividade ilegal relacionada aos fatos investigados pela Operação Lava Jato, ou em quaisquer outros. Em nota divulgada pelo Instituto Lula, o ex-presidente diz que “jamais participou, direta ou indiretamente, de qualquer ilegalidade, seja nos fatos investigados pela Operação Lava Jato, ou em qualquer outro, antes, durante ou depois de seu governo”.
Vamos aguardar novo fatos…

Nenhum comentário: