Seguidores

11 de jan de 2016

*BOMBA* MAIS UM "CHEFE" DA CASA CIVIL DE DIL-MA E DESMASCARADO

Wagner é abatido na decolagem. Adeus, esperança do PT

Jaques Wagner era o “coelho da cartola” de Lula para preservar o poder, já que o desastre consumado por sua criatura Dilma, a Lava Jato e outras investigações lançaram para a sarjeta seu favoritismo eleitoral. Lula é o mito que se despedaçou. Suas chances eleitorais são praticamente nulas. Todas as pesquisas de opinião o colocam em terceiro lugar – com Aécio Neves com o dobro das intenções.

Se 2015 terminou de forma trágica para as pretensões de Lula, 2016 começou mal, muito mal. Wagner estava leve e solto na chefia da Casa Civil, abrira trânsito na cúpula e nos porões do Congresso e se tornara o porta-voz de fato do Planalto (Edinho, onde estás?). Mas eis que mensagens descuidadamente deixadas no celular do poderoso chefão da OAS, Léo Pinheiro – condenado a 16 anos de prisão pelo juiz Sergio Moro – o envolvem nos desvãos das negociatas sórdidas. Eis que Nestor Cerveró revela que dinheiro desviado da Petrobras financiou a campanha de Wagner ao governo da Bahia, em 2006. E Pedro Corrêa, ex-deputado do PP condenado no petrolão, o inclui entre os cem políticos contra os quais informa ter munição devastadora. 

Acabou: Wagner - sobre quem o STF deve autorizar em breve abertura de investigação - foi abatido em plena decolagem, aprofundando ainda mais a desesperança de Lula e do PT, que continuam carentes de candidatáveis com potencial e exuberantes de prisioneiros de fato e em potencial por corrupção.

Qual será o próximo “coelho na cartola”?


Seja quem for o escolhido, terá como principal adversário o desastre que o PT causou ao país, a desmoralização de seus líderes e membros e a perda do poder manipulador de seu chefe. A magia acabou.

Nenhum comentário: