Seguidores

10 de jan de 2015

TEMOS DIREITO SIM A TER ARMAS









IMPERDÍVEL. Bene Barbosa, do Movimento Viva Brasil, mostra nesse debate:
- Como os desarmamentistas não possuem qualquer argumento decente para sustentar a sua posição e ainda são refutados nas histórias que inventam
- Como não possuem quaisquer dados válidos para sustentar sua posição - ao contrário daqueles que defendem o direito à autodefesa
- Como 56 mil homicídios ao ano para eles é um índice *favorável* para que as pessoas de bem continuem sem direito à autodefesa armada (!!!)
- Como são preconceituosos que acreditam que quem comete crimes são os pobres
- Como chegam ao cúmulo do machismo para defender sua posição ("as famílias não têm como ter um homem pra ter um tiro no bandido")
- Como armas só têm uma função: matar (claro, se você der um tiro no pé de um bandido, ele morrerá instantaneamente; se você atirar num pedaço de papel de stand de tiro, está matando o papel também; se você colocar na gaveta pra se defender de um bandido, está mantando a gaveta)
- Como não conhecem a lei e o estatuto que tanto defendem, nem o projeto de lei que revoga o estatuto do desarmamento
- Como apelam para o emocional quando percebem que estão perdendo o debate
- Como alguns apanham tanto que acabam admitindo que apanharam ("você é o especialista"; "não conheço a ponto de detalhes como você")

Lembrando que o outro debatedor é coordenador do Comitê Nacional de Vítimas de Violência e replica exatamente os mesmos "argumentos" que outros desarmamentistas possuem.

Nenhum comentário: