Seguidores

28 de jan de 2015

SERA QUE VAO EXPLODIR O HOMEM BOMBA? SE ELE FALAR TUDO, NAO!!!

VACCARI É O HOMEM-BOMBA QUE PODE DETONAR LULA, DILMA E O PT




 
Vaccari tem dupla cidadania e está sendo vigiado pela PF

Carlos Newton
A prisão do ex-diretor Nestor Cerveró aumentou a preocupação no PT, no Planalto e no Instituto Lula, devido à extrema gravidade da situação em que se encontra o partido e o governo, em função das ligações diretas entre o ex-diretor Renato Duque e o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, no esquema de corrupção da Petrobras, abrindo o caminho da ramificação que fatalmente conduzirá ao envolvimento da cúpula do PT.
Já divulgamos aqui  que as relações entre Duque e Vaccari se tornaram tão fortes e íntimas que o tesoureiro do PT chegou a viajar de Brasília para o Rio de Janeiro, como convidado especial do casamento de uma das filhas do ex-diretor da Petrobras.
O fato é que a situação no Planalto, no PT e no Instituto Lula é de muita apreensão, porque a própria Petrobras acaba de confirmar o envolvimento de Duque como um dos principais integrantes da quadrilha que se formou na estatal. Compreensivelmente, Vaccari está sumido e somente alguns dirigentes do PT sabem onde ele se esconde desde que passou a ser a peça-chave do próximo desdobramento da Operação Lava Jato, porque é sabido que o tesoureiro do PT inevitavelmente terá prisão preventiva decretada na próxima etapa da operação Lava Jato, quando a Polícia Federal for recolher os últimos envolvidos.
TUDO DEPENDE DE VACCARI
Nos jornais, nas rádios e nas televisões, ninguém destaca o fato de que hoje o futuro do PT, do ex-presidente Lula e de sua sucessora Dilma Rousseff, tudo depende diretamente de Vaccari, e as informações são de ele que está cada vez mais deprimido. Em sua última aparição pública, num congresso do PT, estava arrasado, se limitava a dizer que não havia feito nada errado, embora sua biografia esteja toda emporcalhada desde quando presidiu a Cooperativa dos Bancários de São Paulo, deixou de construir imóveis para os sindicalizados e ergueu o prédio de luxo no Guarujá para abrigar a família Lula num triplex de apenas R$ 47 mil e outros dirigentes do PT e da CUT em apartamentos mais modestos, digamos assim.
Vaccari já responde a processo por essas irregularidades na Cooperativa, que ele presidiu entre 2004 e 2010. Segundo a denúncia do Ministério Público, em vez de aplicar o dinheiro para erguer apartamentos, Vaccari desviava recursos para contas bancárias de seus diretores e para abastecer o caixa 2 de campanhas do PT, incluindo a que levou Lula ao segundo mandato. 

Um comentário:

Politica sem Medo disse...

Ola Luiz Carlos Heldt, tudo bem? Obrigada por seguir o Politica sem Medo. Abraco forte.