26 de nov de 2014

JA VIVEMOS UMA DITADURA. VAMOS ESPERAR MAIS O QUE?










O MINISTÉRIO DO COMUNISMO (MEC) ANUNCIOU HOJE O PROGRAMA "MAIS CRECHES", QUE PRETENDE TRAZER PROFESSORES CUBANOS PARA DAR AULAS NAS CRECHES INFANTIS EM TODO O BRASIL.
SEGUNDO O MINISTRO DA EDUCAÇÃO, ESSA É UMA FORMA DE SUPRIR A DEMANDA POR PROFESSORES, QUE CADA VEZ ESTÃO SE AFASTANDO DO ENSINO DEVIDO AOS BAIXOS SALÁRIOS E PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO.
ESSA É BOA, NÃO É SEU MINISTRO? EM VEZ DE INVESTIR NA EDUCAÇÃO DO PAÍS, FICA TRAZENDO PROFESSORES DA DITADURA GENOCIDA DE FIDEL, QUE JÁ MATOU MAIS DE 10 MILHÕES DE PESSOAS??
MAS VOCÊ NÃO NOS ENGANA!! SABEMOS QUE ISSO É MAIS UM TRUQUE DOS PETRALHAS PARA DOUTRINAREM NOSSAS CRIANÇAS NO COMUNISMO E IMPORTAR GUERRILHEIROS PARA O GOLPE QUE ESTÁ POR VIR!!
Comentario meu na paginado link abaixo:
Ja estamos mais dentro da ditadura do que pensamos e o povo nao se da conta de jeito nenhum. Sera que eles querem ver de perto os bolivarianos assassinando pessoas nas ruas? Sinto dizer mas se isso acontecer nao sera com seu vizinho, sera com voce mesmo, brasileiro covarde! E nao adianta passar para o lado deles carragando estrelinha vermelha na roupa porque os primeiros a serem assassinados sao aqueles que eles alegavam proteger, que sao os mais pobres, os gays, as minorias negras, os drogados e todos aqueles que eles usaram para atingir o poder. Eles so nao fizeram isso ainda porque os projetos de mudanca para os Soviets ainda nao foram aprovados e eles estao enfrentando uma verdadeira "queda de bracos" com a oposicao, que e minoria mas que esta lutando valorosamente para que essas leis homicidas nao sejam aprovadas, nem entrem em vigor. Se isso acontecer nao serao os militares brasileiros que entrarao nas nossas casas matando, serao a milicias que Dil-ma trouxe de outros paises que ja estao quase superando todo o pessoal das FFAA. Portanto fiquem alertas! Deixem de ser ingenuos. Sem a ajuda do Exercito, Marinha e Aeronautica nada podemos fazer a nao ser sair as ruas clamando por eles!

Fonte: https://www.facebook.com/suelyaparecidamendes?fref=ufi

Nenhum comentário: