5 de mai de 2014

OS IDIOTAS UTEIS SERAO OS PRIMEIROS A MORRER




Caso o comunismo tome conta de um país, eles serão os primeiros a serem mortos pelos seus líderes.
De acordo com Yuri Bezmenov ex-agente de sua adorada kgb, para os governos comunistas, vocês não passam de ferramentas, de prostitutas políticas, e no momento que cumprirem com suas funções, no momento que não precisarem de vocês mais, vocês serão os primeiros a serem executados em um governo comunista, simplesmente pois não ha nada pior para uma ditadura comunista do que um comunista desiludido, então vão, continuem nessa onda, apesar de se suicidar pulando de um prédio ser mais fácil...

Bezmenov: ...Simplesmente, porque (veja bem) os idiotas úteis — os esquerdistas que acreditam idealisticamente na beleza do socialismo soviético, comunista ou o sistema que for — quando se desiludem, tornam-se os piores inimigos. Isto é porque os meus instrutores do KGB frisaram especificamente: «Nunca ligue para os esquerdistas. Esqueça essas prostitutas políticas. Olhe mais alto». Esta era a minha instrução: «Tente entrar na comunicação social de grande circulação, conservadora, estabelecida, cineastas ricos, podres de ricos, intelectuais, os ditos 'círculos académicos', pessoas cínicas e egocêntricas que podem olhar nos seus olhos com expressão angélica e contar-lhe uma mentira.» Estas são as pessoas mais recrutáveis, pessoas que carecem de princípios morais, que são ou ambiciosas demais ou que sofrem de autoimportância. Elas sentem que são muito importantes. Estas são as pessoas que o KGB queria muito recrutar.

Griffin: Mas eliminar os outros, executar os outros? Não teriam um propósito, não era para confiar nelas?

Bezmenov: Não. Só têm propósito no estágio de desestabilização de uma nação. Por exemplo, os seus esquerdistas nos Estados Unidos, todos esses professores e todos esses lindos defensores de direitos civis são instrumentais no processo de subversão, apenas para desestabilizar uma nação.
Quando o serviço deles está completo, não são mais necessários: sabem demais. Alguns deles, quando se desiludem, quando veem os marxistas-leninistas chegarem ao poder, obviamente, ficam ofendidos. Acham que vão para o poder. Isto nunca acontecerá (é claro): serão alinhados no paredão e fuzilados. Mas podem tornar-se os inimigos mais rancorosos dos marxistas-leninistas quando [estes] chegam ao poder.

Nenhum comentário: