Seguidores

28 de dez de 2013

ESTE COMENTARIO ESTA NO FACEBOOK DO COMANDANTE VON BRENNER






Elias Robertson Santos General, sua colocação é interessante, no entanto, cabe salientar que: os exemplos que vemos no mundo moderno como: Egito, Venezuela etc. mostram claramente que a dificuldade está na unificação de opiniões. Praticamente, hoje no mundo, só existem dois tipos de governo: capitalista e socialista-comunista, esse último, tem aperfeiçoado o controle das massas, através de um assistencialismo barato, juntamente com as opções de lazer para as classes baixas (futebol, carnaval, mídia manipulada e novelas no caso do Brasil). O papel principal da mídia, é fazer eco na afirmação do governo, de que as mazelas pelas quais passa o país é culpa exclusiva das elites, nesse caso, o pobre pensa logo que as elites são a classe média e a classe média, por sua vez, pensa que as elites são os banqueiros e os grandes empresários. Assim sendo, com um culpado imaginário e nunca definido claramente, a possibilidade de eles se perpetuarem no governo, é cada vez mais forte. Por outro lado e com empenho máximo do gov. socialista-comunista, está o enfraquecimento das forças armadas. Mas entenda que, este enfraquecimento, é momentâneo, somente até que o governo converta, na sua maioria (uns 80%), o generalato ao comunismo, que é o que está acontecendo neste momento com os três comandantes militares, esses, creio eu, já estão quase "no ponto" convertidos. É fácil identificar isto, pela não alternância de comando nas forças. Enquanto o PT sentir que é arriscado a troca, os atuais, só saem de lá num caixão. Fique sabendo que esse pessoal (PT), está bem treinado pelos socialistas-comunistas que hoje infestam o mundo e principalmente as américas. É bem provável que, se quisermos sair "disto", agora que eles "dominam" os ignorantes, pobres e desinformados, o preço de sangue será muito alto. Estamos quase presos, sem muita opção e, depois que os generais, se tornarem fiéis, como os generais da corea do norte, ao comunismo, aí eu digo que não existirá volta. A perdição será total. Esta é a triste realidade, é pra onde tudo aponta, INFELIZMENTE. Que Deus possa nos proteger e aos nossos descendentes. Um abraço!

Nenhum comentário: