4 de mai de 2013

QUAL JORNALISTA E MACHO SUFICIENTE PARA PERGUNTAR E EXIGIR ESSA RESPOSTA DE LULA?


 


De que adianta comentar essa divida? Antes de assumir o governo o PT esbravejava dizendo que o Brasil ja havia pago em juros todo o valor da divida externa e que portanto ele nao ia pagar mais nada. Assim que assumiu voces sabem o que aconteceu, lula encheu os banqueiros do FMI com as reservas do Tesouro Nacional e deixou um endividamento interno incalculavel. Qual e a razao da divida externa voltar em 2010? Quer dizer que mesmo triplicando a divida interna ele nao quitou nada a divida externa? Se nao quitou  entao onde estao os bilhoes entregues todos os anos ao FMI segundo eles para amortizacao dos juros? Que juros, se a divida estava paga? E se estava paga por que a divida interna triplicou? Vai aparecer ou nao um jornalista macho o suficiente para exigir essa resposta de Lula ou da Dil-ma?

Comentario meu aqui:
 http://www.portali9.com.br/noticias/economia/divida-do-brasil-passou-de-r-600-bilhoes-para-r-2-2-trilhoes-em-10-anos-de-pt

3 comentários:

music disse...

Amazing Blog !!

Anônimo disse...

Por Carlos Vereza

Chega um momento em que a indignação se transforma em asco pela repulsiva figura do Lula e sua quadrilha, travestida de partido politico.

Dona Dilma não se envergonha de subir em palanques como uma vulgar
militante, e não, como deveria ser, a presidente de todos os brasileiros! Além de ex-poste, incompetente.

Mudaram a politica herdada de Fernando Henrique Cardoso, e os resultados já começam a aparecer: Pib minúsculo, a volta da inflação, cambio descontrolado, BNDS, salvando o superávit primário, a produção do etanol abandonada, e a Petrobras tendo que importar combustíveis; sem falar na divida interna crescendo em ritmo assustador, etc...

Querem, agora, censurar os meios de comunicação que apenas transmitem os fatos - ou seja: mate-se o mensageiro, mesmo ele sendo somente o portador da mensagem!

O Capo, até agora, nem uma palavra sobre sua namorada, Rosemari Noronha...

http://www.carlosvereza.com/2013/02/ladeira-abaixo.html

Anônimo disse...

Por José Batista Pinheiro

Existe um princípio pétreo democrático, segundo o qual: “o poder emana do povo e, em nome deste, é exercido”. Não precisa ser grego, judeu, galileu ou filisteu para entender que, numa república democrática, o povo é o quarto poder e o mais importante.

O clamor público frequenta os órgãos de divulgação, os cronistas políticos independentes, as páginas da imprensa em geral, as associações de classe e as telas dos computadores, num apelo dramático contra a onda de desmandos dos políticos no trato da coisa pública, nos investimentos fúteis, na falta de assistência médica, no abandono da rede escolar, na criminologia galopante, nos transportes básicos tanto para o deslocamento da população em suas rotinas, como na infraestrutura portuária, marítima, aérea e rodoviária do Estado brasileiro.

Portanto, as Forças Armadas brasileiras já possuem respaldo legal para intervir nos poderes da nação a fim de por termo às perturbações da Lei e da Ordem, de acordo com as prescrições do Art. 142, da Constituição Federal. As autoridades dos poderes Executivo e Legislativo só falam no pré-sal, nas comissões da verdade, nos próprios interesses e outras balelas, enquanto grande parte da população brasileira vive à mingua esperando uma oportunidade para sobreviver com decência, segurança e esperança.

Não demora muito para as trombetas dos quartéis emitirem o chamamento para as tropas entrarem em forma no atendimento ao chamamento do povo. Falta só um empurrãozinho.

José Batista Pinheiro é Coronel Reformado.
www.alertatotal.net