Seguidores

15 de mar de 2012

Nossos militares advindos de nossas academias jamais se curvarao a infamia do PT

Vejam as declaracoes descaradas de Valter Pomar, do PT ofensivas e debochadas sobre a reeleicao na Venezuela. E um verdadeiro tapa na cara da Democracia. Ao afirmar que o Brasil faz e continuara fazendo o que Chaves fez na Venezuela ele esta afirmando que o PT pretende eternizar-se no poder tendo o controle total da midia e a substituicao dos militares par milicias paramilitares. Digo isso porque sei que nossos verdadeiros militares formados pelas academias do Brasil jamais se curvarao a esses meliantes que estao ora no poder. Vejam tuda depois de ler um pequeno trecho da materia clicando o link abaixo:

Comentario meu sobre as declaracoes do meliante petista Valter Pomar:

Por último, sublinhou: "O que fazemos no Brasil, com o governo de Lula que esteve oito anos na presidência, é o que Chávez fez aqui e está fazendo e queremos que continue fazendo. Por isso, para nós é engraçado ver que a direita pretenda dizer que quer parecer-se ao que estamos fazendo no Brasil
(Reuters/Agencias/VTV). "

As declarações de Valter Pomar não são apenas uma resposta a Capriles Radonski. São uma resposta a todos aqueles que alimentaram e alimentam esse "mito", por má-fé, por comodismo ou por ingenuidade.

O PT quer o chavismo para a Venezuela!

Não é por acaso que, segundo revelou o jornal El Universal, de Caracas, José Dirceu viajou à Venezuela, acompanhado do embaixador do País em Brasília, para colaborar com a campanha de Hugo Chávez à Presidência.

O PT quer o chavismo também para o Brasil!

O lulo-petismo tem um projeto de hegemonia político-ideológico que utiliza as regras e as instituições do regime democrático para asfixiar a própria democracia.

Como um post-scriptum: por que motivo a mídia brasileira fez absoluto silêncio a respeito destas declarações de Valter Pomar?

http://radardamidia.blogspot.com

4 comentários:

Anônimo disse...

UMA SUBSERVIÊNCIA CAVALAR

Uma das extravagantes conseqüências do Manifesto Interclubes Militares, do “Alerta à Nação” e seus signatários tem sido a reação da caserna.

Na medida em que “ladraram os velhos cães de pijama” e não foram punidos, conforme a ordem dos ofendidos, os comandos militares não cumprindo a decisão da suprema governança, por impossibilidade legal, se empenham em demonstrar um servilismo, que soa como uma ÇAdesculpa para os seus superiores por sua “falta de competência”.

É uma modesta compensação para remediar a falta de amparo para sancionar os infratores, pois se assim não fosse, teriam aplicado o Regulamento Disciplinar.

Por certo, prometeram acalmar os militares de pijama. Como sabemos um preso é um cidadão, um drogado é um cidadão, um corrupto é um cidadão, um patife é um cidadão, mas um militar de pijama (?) não é um cidadão.

Sua impotência diante dos fatos parece tê - los colocado em má situação perante as autoridades, e eles se empenham em minimizar a mossa, clamando por paciência e para a contemporização, para uma atitude passiva que deve ser banida do dicionário de qualquer individuo, que tenha um mínimo de vergonha na cara (artigo escasso no mercado).

Não sabemos que tipo de individuo pode apelar para o bom - senso, para a boa - vontade, ou para qualquer tipo de trégua, quando recentemente, haviam determinado a punição de cidadãos acima de qualquer suspeita por exercerem o seu direito de opinião.

Mesmo antes da Lei da Anistia, que permitiu o retorno de uma canalha (muitos conhecidos criminosos) para o País, corria à solta a avalanche de propaganda e ações psicológicas que objetivaram desmoralizar as Forças Armadas e denegrir e, se possível, condenar os que haviam lutado contra a subversão.

Bom, depois eles assumiram o poder, e a partir de então, com o aval, e até a mão do governo, a perseguição sem quartel adquiriu tal dimensão que ficou caracterizada como um ignóbil REVANCHISMO.

O REVANCHISMO tem sido implacável e uma serie sem conta de eventos e de maléficas e estudadas atitudes corroboram que ele foi, é, e prosseguirá.

É preciso sofrer de amnésia profunda para esquecer tantas repugnantes ações. A Comissão da Verdade é um de seus últimos atos, mas, certamente, não será o último.

Portanto, é de estarrecer que entre pessoas esclarecidas, convivam ingênuos que possam vir a sussurrar em nossos ouvidos para que acalmemos os ânimos, para que nos calemos, e apenas por amor, a não sabemos bem “a que, ou a quem”, enfiemos a viola no saco.

Hoje, não se trata tão somente de denunciar, de bradar em defesa da honra militar, mas de alertar que muito pior do que desmoralizar e enfraquecer as Forças Armadas, de crucificar antigos agentes da repressão, está em andamento uma tirania programada, que submeterá a todos, e que se propõe a destruir esta terra como nação soberana e democrática.

E um dos passos é a subserviência militar, que vai bem obrigado, o que estraga é esta cachorrada de vira - latas de pijama.

Brasília, DF, 17 de março de 2012
Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

16/03/12

sicário disse...

Teresa...

As intenções dos petralhas, vermelóides em geral, desde a redemocratização é notória e sabida. O que hoje ocorre no Brasil e na latrina da américa é decorrência do que foi planejado pelo comunista multimilionário Fidel. Este câncer, ser humano inútil que sequer deveria ter nascido, tentou por via das armas submeter nações da a. latrina ao jugo comunista, como não conseguiu, o desocupado na sua ilha da fantasia, teve tempo para criar um estratagema com o intuito de obter o poder e é isto que estamos vendo ao sul da fronteira norte-americana.
O que não deveria, mas causa espanto, é ver que imbecis criados e os idiotizados de nascença,em pleno século XXI, repitam a lenga-lenga comunista.
Se antes as intenções eram dissimuladas, pelas palavras do deputado, parece que eles tem a certeza de que já está tudo dominado, esquecendo que a esquerda no Brasil se elege mas nunca com maioria absoluta e que a única semelhança entre Brasil e Venezuela é que ambos os ditadoretes tem câncer e que esta doença matando Chavez, jogará a Venezuela numa convulsão politica o que abrirá os olhos da classe média brasileira idiotizada pelo paternalismo governamental e o pseudo poder de compra.
As palavras do deputado mostram o que ele age. Manipulado, tem na ideologia se gigolô e prostituído até a alma, vende o corpo e se orgulha disto.

abs.

Sicário

Pedro Bougleux disse...

Ocorre que eles os militares não tem um contato muito direto com a sociedade civil desta forma desconhecem o respeito e admiração que lhes é dispensado. Tivessem noção do poder que teem junto ao povo ja teriam revirado a mesa........falta so comunicação.
Um bom dia e
PAZ

Pedro Bougleux disse...

O grande encontro em Foz do Iguaçu patrocinado e financiado pela Itaipu foi pouco divulgado. Dada a gravidade e relevancia a grande maioria se silenciou.........triplice fronteira , Al qaeda, Foro Sao Paulo, MST tudo isto esta se transformando em um corpo so na America.
Deus se apiede de nos