2 de ago de 2011

O povo que elegeu essa gang e que precisa ir as ruas para derruba-la.

Prepare seu coração, porque a corrupção no governo só poderá ser combatida com o povo na Praça Tahrir


É incontrolável a escalada de escândalos que a cada final de semana inundam as páginas das revistas e jornais de São Paulo, epicentro da difusão de todas as denúncias sobre corrupção que mergulham o governo federal do PT num verdadeiro mar de lama.

. As denúncias mais escabrosas de sábado e domingo saíram das páginas das tres principais revistas:
Época - É de longe a reportagem mais devastadora, atingindo em cheio a Agência Nacional do Petróleo, feudo do PCdoB. O pivô do escândalo é o dirigente comunista gaúcho Edson Silva. As denúncias sobre formação de quadrilha, prevaricação e extorsão vieram acompanhadas por videos gravados. Clique aqui http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2011/7/25/agencia-nacional-da-propina
 para ler.

Veja - "É tudo bandido", avisou o ex-diretor Financeiro da Conab, Oscar Jucá Júnior, irmão do líder do governo no Senado, ao se referir aos seus colegas de diretoria e ao ministério da Agricultura, feudo do PMDB. Oscar Jucá Júnior assumiu pessoalmente as denúncias e envolveu nelas até mesmo o vice-presidente Michel Temer. Clique aqui
 http://cnj.myclipp.inf.br/default.asp?smenu=ultimas&dtlh=181640&iABA=Notícias&exp= para ler.

IstoÉ - A revista pegou o ministério das Cidades, feudo do PP. A reportagem informou que o ministério privilegiou obras superfaturadas para tres grandes empreiteiras que doaram R$ 15 milhões para o Partido. Clique aqui
 http://www.istoe.com.br/reportagens/149100_O+ESQUEMA+DO+PP+NO+MINISTERIO+DAS+CIDADES
para ler.

. Caso decida repetir o que fez no Dnit e no ministério das Cidades, a presidente Dilma Roussef terá que meter a mão com PCdoB, PMDB e PP de uma só vez. Se fizer isto, perderá apoio parlamentar, mas se não fizer, ficará desmoralizada.


. O aparelhamento montado por Lula no governo, nos sindicatos patronais e de trabalhadores, ONGs e até mesmo nos Partidos, no Congresso e no STF, está fazendo água. Isto é visível. Como a oposição institucionalizada foi dominada pelo torpor, a alternativa parece estar apenas nas mãos da mídia paulista independente e nas redes sociais.
. A única saída parece ser a instalação de uma Praça Tahrir em cada grande praça das capitais do Brasil.

VISITE o site http:// www.polibiobraga.com.br para examinar os videos onde agentes da ANP achacam os contribuintes.

3 comentários:

Blog do Beto disse...

OLÁ POLÍTICA SEM MEDO.

TUDO QUE ACONTECE NESSE PAÍS SÓ TEM UM CULPADO. POVINHO DE MERDA.

ABS DO BETOCRITICA.

Daniela Pereira disse...

Olá, adorei o teu blog. Esta mesmo lindo. Podes passar no meu e participar no sorteio que lançamos a poucos dias? Boa sorte com o teu blog. Beijos, espero que participares no nosso sorteio e se isso acontecer, boa sorte para ganhares.
http://365ideiasdiferentes.blogspot.com/

Laguardia disse...

Há anos o Supremo Tribunal Federal tem um suas mãos o processo do mensalão, o maior esquema de corrupção já montado neste pais.

O STF indiciou por unanimidade, 40 políticos ligados ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministros indiciaram estes corruptos com base em provas levantadas pela Policia Federal, pelas Comissões Parlamentares Mistas de Inquérito e pela Procuradoria Geral da Republica.

O caso está ficando esquecido. O PT montou um esquema bem montado para desacreditar os relatórios e provas levantados.

Este caso não pode acabar em pizza como acontece tantas vezes em nosso Brasil. Dinheiro público foi desviado para beneficiar os detentores do poder.

Não podemos permitir que este caso caia no esquecimento. Precisamos relembrar o povo dos acontecimentos.

Lutamos com o que podemos, com nossos computadores e com a internet. Para isto criamos um site, Mensalão – Nunca antes na história deste pais - http://mensalao.ning.com/

Convidamos os amigos a participar deste esforço se juntando a nós neste site.

Contamos com a ajuda de todos os que querem ver um Brasil onde se valorizem os princípios de ética, honestidade e moral.