Seguidores

12 de fev de 2010

Dizer a verdade e crime gravissimo

Carta ao General Santa Rosa


Num país onde impera a mentira, dizer a verdade constitui crime gravíssimo.

Parabéns, general Santa Rosa, por expressar o que pensam milhões de brasileiros, sejam eles civis ou militares, a respeito do famigerado Programa Nacional de Direitos Humanos petista, elaborado por antigos terroristas, como Tarso Genro e Paulo Vannuchi.

O teor da proposta totalitária não passa de uma rasteira tentativa de golpe contra as instituições nacionais, ou seja: revanchismo contra as Forças Armadas (pela proposta da mudança da Lei da Anistia, para processar "torturadores", deixando de fora os "terroristas" de esquerda), contra a Igreja e a família (proposta de casamento entre homossexuais), contra o direito à vida (proposta de aborto livre), contra a imprensa livre (proposta de censura prévia) e contra a propriedade privada (especialmente a dos ruralistas).

Está provado: terrorista uma vez, terrorista sempre!

Brasília, 11 de fevereiro de 2010.

Félix Maier http://www.ternuma.com.br/

Um comentário:

Anônimo disse...

Temos que partir para a guerra (DE FATO) e estamos prontos.