Seguidores

2 de jul de 2009

Lula e as Ditaduras (O aprendiz)

Gostaria imensamente entender as lógicas Lulo-PeTralhas midiáticas, quando o assunto é o "Estado de Direito Democrático"!
Críticas ferozes são lançadas contra Honduras por ter deposto um pseudopresidente que se inclinava ao casuísmo para incrementar uma ditadura bolivariana, porém o notável Da Selva não se constrange nem um pouco ao conviver no mesmo ambiente com os piores facínoras do planeta, como é o caso de Muamar Kadhafi, seu anfitrião líbio e o "cumpanhero Omar al-Bashir" um autêntico genocida sudanês.
Quando Lulla se refere ao suposto golpe em Honduras e declara que uma ação deste tipo é inaceitável no século 21, na verdade Lulla quer dizer, uma revolução comunista é inaceitável no século 21, portanto o Zelaya só "quis aplicar o relativismo Gramscista através de uma manobra boba para poder se legitimar eternamente no poder através do voto democrático"!
A diferença entre o travesti socialista do século 21 e o socialismo do passado está contida justamente aí, no papo furado Gramscista e na figura lançada em 2002 do "Lulinha paz e amor".
Hoje várias ditaduras agem desta forma; elegem-se democraticamente para depois manobrarem com inúmeros subterfúgios afim de se perpetuarem no poder disfarçadas de democracia.
E ai daquele que questione o guru das esquerdas bananeiras caso tenha o atrevimento de abordar este fato, a má companhia; logo será taxado de reacionário e "golpista".
Lulla da Selva possui a convicção de que uma vez eleito pelo voto direto e acomodado na cadeira presidencial, o sujeito não deve mais satisfações a quêm quer que seja e tudo o quê faz visa sempre o bem-estar; só não revela que este bem-estar é para ele e seus amigos, o povo que seja enganado com o futebol e com os "bolsas-esmolas"
Lulla na verdade se agrupa com determinados ditadores, para buscar apoio para o projeto de perpetuação do seu "ParTido-Estado Psicótico" no pudê, que por vaidade ideológica e por ganância, quer levar toda a américa latina para 1917 e disfarçando muito mal, não admitem o fracasso do comunismo, através de uma retórica infantil e contraditória.
Socialismo, comunismo é tudo massa falida, nunca deu certo e nunca dará, portanto hoje em dia sobram no ambiente político bananeiro, democratas que aceitam a alternância no poder, o Sarney, maior ideólogo da ditadura do oportunismo e os PeTralhas que fazem qualquer negócio com quêm quer que seja sem um pingo de vergonha.
Lulla na verdade é um projeto de ditador fanfarrão, mitomano e preguiçoso, talvez por isso, ainda nos reste alguma esperança de sairmos ilesos do fundo deste abismo repugnante....

2 comentários:

Laguardia disse...

Excelente post. Lula realmente só se importa em se manter no poder. Como socialista, para se manter no poder, tem que perpetuar a miséria e a pobreza. Tem que destruir os costumes e os princípios éticos e morais da nação.

Infelizmente está conseguindo este intento. Por este motivo temos de reagir de forma a externar toda a nossa indignação e revolta.

"Política sem medo" disse...

Essa e uma postagem do Wolf Neto no seu blog Resistencia e Liberdade.Nao sei por que nao apareceu. Obrigada viu, Laguardia!